Publicado em filmes

Opinião: Como eu era antes de você 

Oiii, meninas! Hoje estou toda romance, mas claro, finalmente assisti Como Eu Era Antes de Você (Me Before You, título em inglês) e amei tanto que estou aqui pra contar como foi ter que segurar as lágrimas quase o filme inteiro!

Cena do casamento
Cena do filme (imagem retirada da internet)

Meu Deus! O filme é lindo, os atores são maravilhosos, mas eu sou suspeita porque amei o livro e amo tudo que tem a ver com a Jojo Moyes. Mesmo assim, vou falar: não tem como não amar! Will e Lou são um casal perfeito (se é que isso existe), porque eles se gostam a ponto de apoiar a decisão do outro mesmo não concordando com ela. E Will se preocupa com o futuro da sua cuidadora maluquinha e lhe deixa uma boa quantia em dinheiro suficiente para lhe permitir viver novas experiências, provando que se importava muito com ela. E claro que o fato dele abrir mão de viver esse amor por saber que a jovem merecia muito mais do que ele lhe poderia oferecer é a maior prova de amor.

Então esse filme repleto de demonstrações de carinho e amor deve ser assistido SIM! Se você não assistiu ainda, corre menina pelo amor de Deus! Compra o dvd, assiste na Netflix ou em algum site fuleiro mesmo, o que não pode é ficar sem assistir.

O elenco foi muito bem escolhido na minha opinião. Apesar de não conhecer nenhum dos atores ou atrizes do filme gostei bastante e agora que os conheço posso acompanhar eles em outros filmes né non!? Mas vamos citar alguns deles, vai que vocês conhecem, tenho certeza que são bem mais antenadas do que eu (que gíria século passado foi essa?? rs). Os protagonistas são Emília Clarke como Louisa Clark (olha a coincidência haha) e Sam Claflin no papel do tetraplégico Will Traynor. Ainda temos Matthew Lewis fazendo o Patrick (namorado da Lou), Jenna Coleman como Katrina Clark (irmã da Louisa) e Janet McTeer no papel de Camilla Traynor (a mãe do Will). Temos muitos outros que eu poderia citar aqui, mas já deu pra ter um gostinho do que vocês vão ver.

A história pra quem não conhece é sobre um cara (Will) que fica tetraplégico depois de um acidente e se torna uma pessoa fechada, fria e que preocupa bastante a mãe com esse jeito e com algumas decisões que ele toma para sua vida. A mãe por estar preocupada contrata uma cuidadora (Lou) pra tentar animar o filho. No início Will não se rende a nada proposto pela Srta. Clark, no entanto aos poucos vai cedendo, acredito eu que as barreiras são quebradas pelo início de um sentimento que brota em ambos.

Mas chega de contar porque eu quero que vocês assistam! Sério gente vale super a pena quem não viu ainda, assiste e quem já viu revê. Por favor! Nunca pedi nada pra vocês! Sério vocês não vão se arrepender, assistam. Quero ver comentários do que vocês acharam aqui em baixo, vamos conversar a respeito e aceito indicação de outros filmes também.

Nota da miga linda aqui: Se você possui uma conta na WordPress, siga o blog para não perder nenhuma postagem, e se você não possui, não precisa se preocupar, basta seguir o blog por meio de um e-mail e ficar por dentro de todo conteúdo postado! Lembrando que toda segunda, quarta e sábado têm post novo aqui, girls 😉

Leia também:

Leitura: Sidney Sheldon, o melhor escritor de assassinato 

Minha primeira leitura do ano

Voltei!! Juro de dedinho… e com muita música boa 

Opinião: como eu era antes de você

Publicado em dicas

Instagram: como ganhar seguidores e curtidas 

Oi, meninas! Estava eu passeando pelo YouTube num momento de muito tédio e bum! me deparo com uma chuva de vídeos a respeito da rede social queridinha do momento, o Instagram. Todos prometendo “dicas” de como conseguir mais seguidores reais e curtidas em suas fotos. Mas será que existe uma fórmula pra isso? Ou é tudo lorota?? 

Como ganhar seguidores reais e curtidas

Bom, isso a gente só descobre testando, né!? Então vamos as dicas e depois vocês me contam nos comentários o que vocês acharam, se deu certo ou não, e se acreditam que existe um “modo” pra se destacar nessa rede social de fotos, ok? 

1ª Dica: Fotos com qualidade

Essa é manjada, mas ainda tem muita gente que lota sua conta com fotos granuladas, tiradas a noite sem flash ou em um ambiente mal iluminado ou com uma iluminação péssima. Meninas, tem que ter iluminação, foto sem iluminação não dá! A iluminação é a chave pra se ter uma boa foto. Apostem em fotos tiradas em frente de janelas, em locais abertos ou com iluminação artificial (luz branca sempre tá). 

2ª Dica: Organização 

Nada de postar selfie atrás de selfie! Dê um tempo até postar outra foto no mesmo estilo para seu feed não ficar visualmente poluído. Tente também postar as fotos de uma forma que as cores entre elas fiquem em harmonia, evite deixar uma foto gritante perto de outra que também seja, cores muito quentes vão brigar pela atenção dos olhos de quem estiver visitando seu feed e essa disputa o deixa desagradável. Evite ainda fotos com aquela claridade excessiva que irrita nossos olhos 😉. 

3ª Dica: Interação 

As redes sociais foram criadas para que as pessoas pudessem interagir com seus amigos e seguidores, e no Instagram não é diferente. Se você quer ser conhecida, interaja nas fotos que você gostar, curta, comente e siga seus perfis preferidos. Assim, as pessoas te conhecerão e também irão interagir em suas fotos. Lembre-se: quem não é visto, não é lembrado! 

4ª Dica: Tenha uma foto de perfil atrativa 

Uma das primeiras fotos que as pessoas irão ver sua é a de perfil, certo? Então, ela precisa ser uma foto com qualidade, bonita e que tenha a ver com a sua conta, assim você atrairá pessoas interessadas nas suas fotos para seu perfil e se elas gostarem, irão te seguir. Essa dica está ligada a de cima, pois quando você curtir, seguir ou comentar uma foto, a pessoa só verá sua foto de perfil na notificação e é ela que vai deixar a pessoa interessada a visitar seu perfil ou não, portanto, caprichem! 

5ª Dica: Hashtags 

Elas levam sua foto para mais pessoas, faz com que sua visibilidade não se limite a seus seguidores. Então use as hashtags que mais tem a ver com sua foto, tente não usar aquelas muito populares, pois como há sempre uma nova foto nelas, as suas se perderão no meio e dificilmente serão notadas. Além de escolher bem as hashtags, fique atento pois elas só possuem valor por 2 minutos mais ou menos. Por isso escolha um horário de maior uso da rede social e coloque as hashtags assim que postar a foto.

E essas são as dicas que encontrei nos vídeos que assisti, meninas. Se quiserem mais dicas de fotografia deem uma olhadinha nesse post aqui, e caso queiram uma inspiração para look, leiam esses dois posts aqui e aqui

E é isso! Até o próximo post, meninas! Bjos 😘

Como ganhar seguidores e curtidas no Instagram

Publicado em dicas, musica, top 5

Voltei!! Juro de dedinho… e com muita música boa 

Oie, meninas!! Juro que vou voltar a postar com frequência, eu sei que dei uma sumida, mas foi por causa de muitas coisas, preguiça, correria, falta de inspiração e criatividade, coração machucado… coisas da vida, né!?

Mas já que voltei hoje e ainda não peguei no tranco 100%, vou dar uma dica musical pra curtirem essa semana pós férias.

Top 5 musicas que não saem da cabeça
Atualmente ando ouvindo muita música porque não tenho muito o que fazer, ainda estou desempregada e em busca de faculdade pelos programas do governo, então, aqui está o que eu mais tenho ouvido.

  • Acordando o prédio – Luan Santana 

Essa música é top demais e o clipe também, tipo, quando assisti pela primeira vez pensei “nossa! queria estar nesse prédio, gente! olha como é animado! gostei, vou assistir mais umas 200 vezes só pra enjoar” e foi isso que fiz só que não consigo enjoar! Parabéns Luan, você venceu na vida 👏🏻👏🏻 O clipe conta com a participação do youtuber sensação do momento Whindersson Nunes, que simplesmente arrasa nas dancinhas escrotas, não tem como não amar o Whindersson dançando…

Whindersson Nunes e luan Santana no clipe de acordando o predio
Whindersson Nunes e Luan Santana (foto retirada da internet)

Agora sobre a música… Será que tem como a moça gritar baixinho… não, não tem, meu bem! Preciso cantar alto e gritado mesmo, me desculpem vizinhos… Eu não sei se a música é uma composição do Luanzinho mesmo, mas quem a compôs é um cara de muito bom gosto e benção, porque caralho! que música viciante e boa, só tenho vontade de dançar e nesse exato momento enquanto escrevo ela tá no repeat, juro desde 6:00 da manhã e agora já são 10:30am. Viciei.

  • Eu sei de cor – Marília Mendonça 

Eu sei de cor música sertaneja Nada melhor que Marília Mendonça pra curar coração machucado 😪 Sim, meninas! Estou na sofrência e sozinha… mas como não quero mais estar sozinha, vou arrastar vocês comigo, bora sofrer! Meu Deus, Bia Boca Rosa cola aqui com a gente migaaaa! Traz o Fred também, vamo todo mundo sofrer… (pra quem não está entendendo nada e quer ficar por dentro da minha maluquice, assista esse vídeo, é bom, recomendo).

Voltando a Eu sei de cor ôh musiquinha que gruda… tô no banho e tô deixa, deixa mesmo de ser importante… limpando casa e vai deixando a gente pra outra hora… vocês entenderam né!? Muito boa… As meninas estão se destacando no sertanejo, ano passado foi o ano delas sem dúvida alguma, e essa linda da Marília merece todo o sucesso que ela conquistou até agora com seu esforço e trabalho duro. Amo.

  • Ain’t my fault – Zara Larsson

Primeiramente a roupa que ela usa nesse clipe é muito a minha cara, super quero, e segundamente a tradução dessa música DEVE ser lida, a letra é pura sedução e quando eu a ouço me sinto A Sra. gostosa… Tirando isso, a música é ótima pra dançar, entrar no clima da baladinha, junta as amigas e arrasa no esquenta antes do rolê!

Clipe da zara larsson
Imagens do clipe de Ain’t my fault
  • Deu onda – Mc G15

Deu onda funk do momento
Vou ser sincera: essa música é um lixo, no entanto vicia… é tão ruim que te persegue. Não tenho mais nada a acrescentar.

  • Você partiu meu coração – Nego do Borel, Anitta e Wesley Safadão
Super trio: Anitta, Wesley Safadão e Nego do Borel

Que trio ein!? E que música ein ein ein!? Minha amiga chegou pra mim toda toda e disse “nosso status… ouve aí” ouvi e tô ouvindo até hoje… melhor solução pra coração partido, aproveite os vários pedaços pra ter vários esquemas (não estou te dando nenhuma ideia errada 🌚).

A música é ótima, até queria ser do time dos desapegados, é que não sou assim, pra mim é um só e ponto, não tem dessa de esquema, meu negócio é parceria, amor, carinho, dormi de conchinha, acordar com o mozão te fazendo um cafuné, acordar e dar de cara com aquele sorriso lindo de tão bobo…

É meninas, é o que tenho pra hoje… se Deus quiser as coisas vão voltar ao normal aqui no blog (amém). Deixa um comentário, deixa alguma ideia de assunto pra eu estar abordando aqui, deixa um like e compartilha por favor, fiz o post com todo carinho do mundo… até o próximo 😉

Blog com temas variados

Publicado em Sem categoria

Ou eu tiro de mim ou isso me consome: milagres não acontecem 

Eu estava pensando, porque algumas coisas aconteceram na minha vida nas últimas semanas. E eu estava refletindo a respeito de tudo quando me dei conta de que eu me tornei a minha tia. É, a minha tia que tem 48 anos e ainda mora com os pais, no caso só com o pai e o irmão, mas esse não é o ponto em que quero chegar. O ponto é que ela tem idade pra fazer o que quer e arcar com as consequências disso, mas ela não pode porque as pessoas que moram com ela acham que são seus donos. E isso me acontece agora. Ok, que eu não tenho a idade dela, mas tenho 18, tenho responsabilidade, maturidade e um amor. Mas nada disso importa para os meus pais. Eu me tornei minha tia que pra sair de casa precisa mentir e que se não quer mentir fica em casa na cama o dia inteiro mexendo no celular, em redes sociais onde as pessoas expõem sua felicidade e você fica invejando elas. Eu cheguei ao ponto de ter que esperar ficar sozinha em casa pra poder ligar pra pessoa que eu gosto e ouvir a voz dela. A voz que tanto me faz falta. E pra isso ainda ter que ouvir minha mãe dizer “não traga aquele vagabundo aqui, se você trouxer, eu vou descobrir”… sério que ela não percebe que eu só quero ficar sozinha pra poder estar com ele mesmo que por uma simples ligação? Eu não consigo acreditar que as pessoas que me criaram por 18 anos me conhecem bem menos que as mães das minhas amigas me conhecem. Até um cara que me conhece há 3 meses sabe mais a meu respeito do que meus próprios pais. Ok, eles são ocupados demais pra prestar atenção em mim. O mundo é ocupado demais pra isso, e quando milagres acontecem… bom, eles simplesmente não acontecem.

Publicado em Sem categoria

Desabafo: se é pra falar de amor 

Oi, meninas! Tudo bem, anjos? Eu tô levando…

Pelo título muita gente vai decidir não ler, ok, por mim tudo bem. Não sei mesmo se quero que alguém leia, sei lá, só quero por pra fora antes que me consuma, me destrua. 

É o seguinte: apostei minhas fichas no cara errado, e o pior é que não quero parar de apostar agora, já se tornou um vício. É como se aquele resto de esperança que sobra estivesse dominando todo meu ser. Ou talvez eu só esteja exagerando…

Mas exagerando ou não, ainda dói saber que você confiou mais nele do que em si mesma e no final ele era só mais um muleque fingindo ser homem enquanto se divertia com sua brincadeira favorita: despedaçar corações.

Dói saber que provavelmente não fui nada pra ele, apenas mais uma em meio à milhões, e pra mim ele ter sido meu parceiro, a pessoa com quem queria compartilhar tudo, do meu melhor ao meu pior, sem esconder se quer um fio fora do lugar porque, na minha cabeça de garota perdida, ele iria me querer de qualquer jeito, pelo que sou, como eu quis ele. 

Reler agora as mensagens antigas é estranho, parece que se trata de uma peça de teatro horrível e sem sentido, parece qualquer coisa menos real. Cada “te quero aqui” já não vale nada, eu nem sei se uma palavra se quer fora verdade. Será que ele estava mesmo com fome aquele dia?? Juro que não sei, eu já não o conheço mais, nunca conheci. Era tudo uma farsa e se é pra falar de amor, bom só dá pra falar do amor que ele tinha por si próprio.  

Publicado em leitura

Minha primeira leitura do ano

Oiii, meninas! Primeiro post do ano uuhull! Voltei, gente, estive um pouco sumida, mas cá estou eu de novo e com muita esperança de um ano muito melhor para todas nós. Chega de enrolações agora. Hoje vou escrever sobre um livro que terminei de ler ontem (06/01, sexta). Então sim, temos mais um sobre leitura, espero que gostem.

Capa do livro mais opinião garota exemplar
Capa de Garota Exemplar

Eu me achava muito maluca até ler Garota Exemplar (Gone Girl, título em inglês). Amy é completamente insana, pra ela nem o céu é limite, simplesmente não existem limites pra sua psicopatia. E seu pobre marido Nick sabe bem disso. 

“É perigoso rir do seu cônjuge.”

Esse livro me deixou uma confusão de sentimentos. Comecei o livro amando o Nick, pensando em como ele era o cara perfeito tentando encontrar sua mulher perfeita que havia desaparecido no dia do seu quinto aniversário de casamento. Madeira

Mas aí descobri que ele não era tão perfeito assim: traía sua mulher a mais de um ano, com uma garota bem mais nova. Pensei “nossa! Que canalha, babaca!” E aí bum! Amy armou tudo. Ela fugiu e deixou evidências suficientes para incriminar o marido. Marionetes. O presente de casamento realmente encaixa na história, porque tudo que a “Amy Exemplar” fez foi brincar com a vida de Nick, com um falso assassinato, uma falsa fobia de sangue e uma falsa gravidez.

Senti-me tão dividida nessa parte. Ela é uma vaca, ok, mas sua inteligência, determinação e controle são admiráveis. E eu fiquei tipo “pera, tô admirando uma psicopata. O que há de errado comigo?”. Comigo e com o Nick que no final fica com ela ainda! Dá pra acreditar?! Simplesmente não dá! Como a autora pôde fazer isso comigo?? Odiei esse final…

Amy volta pra casa, coloca a culpa em outra pessoa, confessa como armou tudo para seu marido que é muito trouxa e não gravou nem fez nada para tentar prendê-la. Eu até entendo que com uma gravidez de verdade dessa vez era complicado tentar puxar o tapete da esposa, mas daí a acabar o livro com ele dizendo que tem pena dela e ela dizendo que isso a faz refletir já é um pouco não aceitável. Surreal. Que tipo casal eles são? Do tipo que come azeitonas, “mas uma azeitona só”? (desculpa mas só vai entender quem já leu o livro). 

Mas tirando o final que foi meio sem noção na minha opinião, o livro é ótimo, vale muito a pena lê-lo, com certeza vocês vão gostar. E pra quem prefere assistir a ler, foi lançado, se não me engano em 2014, o filme que a própria autora do livro “roteirou”. Não assisti o filme ainda, porém deve ser bom já que a história em si é. Vale acrescentar que li a opinião da crítica a respeito do filme e dizem que é bom, apesar de demorar um pouco para engatar. 

E é isso, girls! Estava louca de saudade de postar, então, por favor interajam comigo nos comentários please! (Muito inglês porque tô morrendo de saudade do meu curso também). Bora deixar o like e compartilhar o post com as amigas que são ratinhas de biblioteca?! Bora né? Prometo não sumir e tentar trazer mais conteúdo legal esse ano. E fui!

Leia também: Como virei uma rata de biblioteca

Sidney Sheldon: o melhor escritor de assassinato

Publicado em leitura

Leitura: Sidney Sheldon, o melhor escritor de assassinato 

Oi, meninas! Como estão? Bem? Espero que sim. 

Primeiro eu queria dizer que independente que você conheça um escritor melhor ou que não goste de livros de assassinatos, eu gostaria que lesse o post até o final. Eu respeito a sua opinião e seu gosto, então sinta-se livre para comentar seus autores e livros preferidos, ok? Agora vamos falar do mestre dos assassinatos. (Na minha opinião)

Autor de livros de assassinatos

Esse cara é um mito! É isso, o post até poderia acabar aqui se eu quisesse, porque essa frase diz tudo sobre Sidney Sheldon. Mas como eu gosto de encher linguiça, vou falar mais, muito mais.

Conheci esse autor na 5ª série (o novo 6º ano) por recomendação da minha odiada professora de português D. Fernanda. Eu não tinha nada contra ela, eu só não entendia e quando um aluno não entende a matéria, ele culpa o professor.

Mas continuando, ela nos pedia sempre um trabalho sobre um livro que ela escolhia. Um livro por mês. Naquela época eu lia, porém não gostava muito (leia esse post se quiser saber como me apaixonei pela leitura). Só que isso não era problema, o que realmente me matava era os livros serem escolhas dela. Minha cara amiga professora que está lendo esse post (se é que alguma lê meu blog), por favor estimule a leitura na sua sala de aula, no entanto não prenda o aluno só a clássicos do romantismo ou do barroco, ou aos seus livros preferidos, dê asas a ele, deixe ele mesmo escolher o livro, porque, cá entre nós, os livros que os professores nos mandam ler são horríveis! 

E os livros que D. Fernanda me pedia para ler eram os piores possíveis. E pra dar mais raiva, ela me entregava o livro com um sorriso no rosto e dizia “esse é muito bom, você vai adorar!” gente! ouvir isso era a morte! Eu já sabia que não ia gostar antes mesmo de começar. Por causa dessa professora eu li (e odiei): O Fantástico Mistério da Feiurinha, Os Miseráveis, Dom Quixote, Meu Pé de Laranja Lima, entre outros que já nem lembro o nome de tão tediosos que eram. Ok, você pode ter lido algum desses e ter gostado, mas eu tinha 12 anos quando os li e não gostei, talvez se eu lesse hoje teria uma opinião diferente ou não. 

O estrangulador, livro de assassinatos Depois dessa listinha de livros, nós chegamos no fim daquele ano e o último livro seria O Estrangulador de Sidney Sheldon. Seria, mas não foi. Era um livro complicado para se pedir a leitura, pois só havia um na biblioteca da escola e um na pública. Era uma quantidade muito pequena e a pedido da maioria dos alunos ela mudou o livro para um outro. Porém eu consegui o livro e tenho ele até hoje, e resolvi ler ele nas férias daquele ano só pra não ter gastado dinheiro atoa. 

E foi amor a primeiro capítulo. Eu simplesmente me prendi naquela história, naquele personagem problemático que se vingava da mãe estrangulando outras mulheres. E a toda investigação feita até a polícia descobrir quem era o assassino em série. Bom, e essa conexão com o livro não aconteceu só comigo, não. Minha mãe e minha tia também se apegaram a história e a leram não uma, mas duas vezes! Eu já perdi a conta de quantas vezes o li. E só de estar escrevendo sobre ele já está me dando uma vontade de ler novamente, quem sabe eu tire um tempinho pra esse querido e até faça um post mais detalhado depois, né?! 

Conte-me seus sonhos, livro de assassinatos Só até aqui você já percebe meu amor pelo Sidney e suas histórias. Mas esse mês eu conheci uma outra história incrível. Repito I-N-C-R-Í-V-E-L! Sério, gente, essa é de deixar qualquer um louco. Conte-me Seus Sonhos é um livro que conta a história de uma mulher que assassinou cinco homens e os castrou (sim, você leu certo!). Todos os assassinatos ocorreram da mesma maneira, vítimas esfaqueadas e castradas, e a autora dos crimes não se lembrava de nada! 

A história é contada em três partes: os assassinatos acontecendo; o julgamento; e o cumprimento da sentença. Isso resume bem do que cada parte trata. Eu super recomendo que leia esse livro, porque MEU DEUS! ele é muito envolvente e muito bem escrito. E Sidney Sheldon merece muito o título de melhor autor de livros de assassinatos sim! 

Podem ter muitos outros autores bons que eu não conheça, eu posso conhecer outros mais pra frente e me encantar por seus livros, mas Sidney Sheldon sempre vai ter um lugarzinho especial na minha prateleira! E no coração também. 

E é isso, meninas! O post não poderia ter sido a respeito de outra coisa, porque eu terminei de ler Conte-me Seus Sonhos no final de semana e ainda estou pensando na história e nos personagens e vou ficar assim por um bom tempo, e até me arrisco a dizer que os livros do Sidney Sheldon são pra vida toda! Então, se gostaram, deixem o like maroto e compartilha. Até o próximo post e tchau! 

Me encontre 🖤

Facebook Instagram

Publicado em dicas

Dicas: Melhor jogo de vestir para quem ama moda!

Oi, meninas! A gente ama moda e pra gente não tem nada melhor do que fazer comprinhas e montar looks bafos, né?! Mas isso nem sempre é uma tarefa fácil na vida real. O limite do cartão de crédito estoura, as dívidas aumentam, o calor nos impede de provar diversas montagens e lá se vai nossa diversão… só que não, migas! O virtual veio para nos salvar! Então bora conhecer um joguinho legal. 

Jogo de vestir

Bom, muita gente já deve conhecer o Covet Fashion, pois ele já está no mercado há um tempo. O jogo é gratuito, porém possui compras dentro dele. Então é bom dar uma controlada nos gastos com ele (e se alguma menina menor de idade for jogar, é melhor não fazer compras nele ou pedir aos pais antes). 

Jogo de vestir No Covet você faz exatamente o que eu disse no início: compras e looks. No jogo há uma infinidade de roupas que podem ser compradas na vida real também. No jogo, você pode comprá-las usando o dinheiro do jogo que você ganha ao entrar em “desafios” que estão sempre disponíveis, cada dia com um tema diferente. Você também pode usar os diamantes para efetuar compras. Todos os dias você recebe uma pequena quantidade deles juntamente com os “tíquetes” que você precisa ter para entrar nos desafios também. Com dinheiro de verdade é possível comprar mais dinheiro virtual e diamantes. Lembrando que algumas peças só podem ser compradas com diamantes no jogo. E os tíquetes você pode ganhar votando nos melhores looks dos desafios.

Ao final de cada “desafio” existe uma premiação para os jogadores que obtiveram um determinado número de estrelas em seu look. O prêmio e a pontuação que deve ser obtida podem ser consultados antes de participar dele. 

Jogo de vestir resultado do desafio O jogo é realmente muito bom, no entanto tem seus lados negativos. Há uma hierarquia onde as meninas de níveis superiores e as que colocam cash no jogo (dinheiro de verdade) reinam. É complicado ter uma pontuação tão boa quando se está competindo com jogadores que já desbloquearam penteados e makes mais legais e com pessoas que têm condições de comprar peças mais caras. Mas não é impossível bater de frente com as gigantes não! Você pode pegar uma peça emprestada por look de seu amigo e se você for esperta vai ter amigos de níveis mais altos que o seu. E com certeza vai conseguir montar looks incríveis com o pouco que tiver. Basta se empenhar. 

O jogo apresenta também de vez em quando parcerias com celebridades. Nesses desafios você terá que vestir a celeb no jogo e os melhores também ganham prêmios bons no final de cada desafio e no final da parceria. Uma parceria que já teve foi com a atriz Nina Dobrev e se me lembro bem ela se propôs a usar o melhor look de todos na vida real. Legal, né?

Parceria com nina dobrev no jogo Jogo de vestir fez parceria com atriz
Além dessas parcerias existe também uma parceria com lojas online. Como disse antes, todas as peças do jogo podem ser compradas na vida real. E se você efetuar a compra pelo link que o jogo lhe dá você receberá benefícios no jogo. Às vezes ocorre de receber desconto na peça comprada por se ser uma jogadora do Covet Fashion. 

Então tá esperando o que pra baixar e começar a jogar? Compartilha o post com as amigas pra ter com quem jogar e pegar peças emprestadas! Deixa um like se tiver gostado do post e Feliz Natal atrasado! Beijos! 

Obs.: todas as imagens são prints do meu jogo. 

Me encontre ❤

Facebook 👽 Instagram

Publicado em looks

Looks: Como não amar a moda dos anos 80?!

Oi, meninas! Como não amar o guarda-roupa dos anos 80? Impossível, né?! A década de 80 trouxe para o mundo muita cor e estilo e até hoje encontro adeptos dessa moda pelas ruas. Fora que muitas tendências estão de volta fazendo a cabeça das mulheres novamente. 

Como não amar a moda dos anos 80

Nessa época tudo era cor e colado. Ou quase tudo. E disso surgiu as calças legging coloridas. E não podemos nos esquecer das com estampas de animais. Isso até hoje é muito usado e rende looks bem interessantes. 

Moda anos 80 nos dias atuais

Mas a parte da moda dos anos 80 que eu mais amo são os tênis canos altos (coloridos ou não). Vocês devem ter percebido no post em que falo de tênis (esse aqui) que sou completamente louca por eles. O tênis é um sapato tão confortável e bonito, e depois dizem que mulher tem que sofrer pra ficar bonita. Ok que um salto agulha de 15 cm é divino, mas a gente precisa de um descanso deles de vez em quando. Deixa eles só pra aquela sambada básica na cara das inimigas! 

Moda anos 80 nos dias atuais Ah! as calças de cintura alta também são um amor de conforto e deixam o look casual mais elegante. Além de deixarem o corpo feminino mais lindo ainda, pois as calças de cintura baixa deformam o contorno enquanto que as de cintura alta modelam lindamente. Mas nem se encana em parar com as calças de cintura baixa não, miga, se você gosta, continua. Você é o que importa. Eu mesma uso de ambos modelos e gosto mais das baixas. Só que confesso que a cintura alta foi a melhor coisa que inventaram. 

Já viu os shorts e saias nessa mesma pegada? Não são divos? Melhor coisa do mundo com certeza é cintura alta! Se pudesse voltava no tempo só pra agradecer quem teve essa ideia. 

Também tem os queridinhos do momento que vieram da década de 80: os top croppeds! Quem não ama eles, ein?! Juntamente com a cintura alta eles ficam perfeitos! Um arraso total, seja ele mais curtinho ou nem tanto, soltinho ou colado, eles são maravilhosos! E eu nunca usei um antes e estou tão louca pra comprar e usar! (Desculpe o excesso de exclamação, acho que empolguei rs). 

Além disso tudo, muitos óculos com uma pegada “retrô” anos 80 estão em alta de novo! O que tem de tumblr girl usando nas fotos é de se assustar. Como eu disse no post anterior (aqui), esse estilo Tumblr é muito manjável! Dá pra pegar facilmente o que é mais usado e montar o seu próprio estilo. Agora voltando aos óculos, gente!, me amarro nesses óculos. Infelizmente não uso óculos escuro porque já tenho que usar os de grau e é complicado ficar trocando o grau a cada ano em duas armações (escuro e do dia a dia), haja dinheiro pra isso, até porque ninguém se contenta com um modelo de óculos escuro só, né… Mas quero muito comprar alguns modelos baratinhos (os paraguaitions rs) só pra tirar fotos mesmo. 

Meia calça anos 80Ai meu Deus! Lembrei aqui agora daquelas meias calças “vazadas” (não sei como chamam). Eram lindas, ainda são, na verdade. Deixam o look com uma pegada rock’n’roll, sou super adepta delas (não tenho nenhuma, mas vou ter, já tô vendo que meu 1º salário vai todo embora rapidinho 🙄 e eu ainda nem tenho emprego…). Eu amo essa coisa mais rock, quando não exagerado, é meio dark na medida certa, deixa um ar de mistério e profundidade. É assim que eu vejo os rockeiros. Pra mim eles são misteriosos, profundos, pessoas para se desvendar, entende? (Espero que ninguém se sinta ofendido por eu achar isso, não é nada pejorativo, eu admiro, gosto deles sinceramente). 

E meninas esse foi o post de hoje. Essa coisa meio louca e perturbada. Se acostumem, pois algumas coisas me deixam assim, bem maluquinha. Espero muito que tenham gostado (me desculpem se tiver ficado exagerado). Já sabem que se gostaram podem deixar o like aí pra eu saber e se não gostaram sintam-se a vontade para deixar uma crítica nos comentários (pega leve, eu sou sentimental). Compartilhem pra me ajudar a crescer o blog e até o próximo. Bye! 

Me siga: Facebook • Instagram

Publicado em dicas

Dicas: Como tirar fotos Tumblr

Oi, meninas! Hoje em dia o Tumblr não está só na sua rede social, mas em TODAS. Esse estilo dominou o mundo da fotografia e criou em quase todos (inclusive em mim) a vontade de ser uma tumblr girl.

Como tirar fotos tumblr dicas

Mas o que seria uma Tumblr girl? Há quem diga que são todas as garotas que possuem um Tumblr, porém no Instagram e em outras redes, como o Pinterest e o We Heart It, uma pessoa que possua o estilo Tumblr é uma pessoa que tire fotos nesse estilo, com uma boa edição, um bom look, sendo ela mesma nas poses e tirando fotos com a intenção de se mostrar ao mundo sem se importar se a foto é decente para ele. (Ps. existe o termo tumblr boy? Não sei como me referir aos garotos que adotaram o estilo).

Existe um padrão nesse estilo, pois as fotos tem muitas coisas em comum. E é essa padronização que gera polêmica. Bom, ao meu ver o padrão está exatamente na produção da foto, mas pessoas muito retardadas insistem que para ter esse estilo é preciso ser magra, de olhos claros, entre outros esteriótipos. Se você der uma olhada naqueles perfis no Instagram que postam fotos tumblr, você vai perceber isso. Vai ver inúmeras garotas que são consideradas “perfeitas” segundo os padrões impostos. Mas esqueça essa merda toda! (desculpe o palavrão, mas padrões me estressam). Vamos as dicas de como ser uma tumblr girl de verdade, aquela garota que segue seu próprio estilo e tira fotos com a intenção de ser ela mesma. (Se esse é seu estilo, seu jeito, continue a ler o post e obtenha as tais dicas, só que se não for o que você gosta, se você só quer se encaixar nesse mundo porque agora é meio que modinha, CAI FORA! Não vale a pena seguir um estilo para fazer parte de um padrão, ser tumblr é exatamente não ligar pra eles).

1. Iluminação

Essa dica na verdade é para qualquer tipo de foto. Você precisa escolher bem o local e o horário em que vai tirar as fotos, pois uma foto boa precisa de uma boa iluminação. E a melhor é a natural, a luz do sol de manhãzinha ou próximo ao pôr do sol, quando os raios de luz não são tão intensos e deixam na foto uma coloração bonita.

Mas calma que se não for possível fotografar usando da luz natural, você pode usar da artificial. Use abajures para direcionar a luz para você e deixar o local bem iluminado. E deste jeito também vai conseguir boas fotos. Um lembrete: use luzes brancas.

2. Pele e make

Principalmente se for tirar uma selfie, sua pele deve estar impecável. Uma make leve é o que bomba no mundo do tumblr. Tudo numa pegada mais natural. Mas se quiser realmente seguir o padrão natural e não quiser se maquiar tudo bem, não há problema nisso. Mantenha seu rosto hidratado (não só para fotos, ok) e terá uma pele natural maravilhosa! E fique ligada para não acontecer de ficar com a pele oleosa e brilhando na foto.

3. Acessórios 

Capriche neles, miga! Pode abusar de chokers, anéis, bonés, óculos, TUDO! Se joga, menina!

4. Look

Use o que você gosta para se sentir bem para foto. Siga o seu estilo, pois como disse na introdução isso é ser tumblr.

Porém, se quiser alguns conselhos, você pode se aventurar no mundo dos top croppeds ou nos blusões de moletom que ficam como um vestidinho curto, sabe? (com esse calor do Brasil, tenho certeza que vai ser uma seção de fotos bem hot! rs). Você pode ainda optar por roupas delicadinhas, em tons pastéis se for mais a sua cara. Nada te impede de ser uma tumblr girl fofa e princesinha com saias rodadas e sapatinhos de cristal haha!

5. Poses 

Seja você mesma! Se solte, procure na frente do espelho poses que te favoreçam e que você goste. Mostre quem você é com seu corpo. Se mexa enquanto tira várias fotos uma atrás da outra, você pode se surpreender com uma foto espontânea. Coloque música para animar sua seção de fotos e se mesmo assim nada fluir, busque inspiração, mas não copie, adapte o que você encontrar para que fique mais você. 

Para te inspirar, trouxe aqui algumas fotos das minhas divas inspiradoras!

Fotos Tumblr Selena Gomez Fotos Tumblr Selena Gomez Fotos Tumblr Selena Gomez Fotos Tumblr Fotos Tumblr

Fotos Tumblr Fotos Tumblr Fotos Tumblr Fotos Tumblr

Fotos Tumblr Fotos Tumblr Fotos Tumblr

Fotos Tumblr

Fotos Tumblr Fotos Tumblr Fotos Tumblr Fotos Tumblr

Fotos Tumblr Fotos Tumblr
Como vocês podem perceber as dicas servem para qualquer tipo de foto que você for tirar. Esse estilo não é um bicho de sete cabeças totalmente original e diferente. Na verdade é só um bando de garotas que, como eu disse antes, não se importam com os padrões e são elas mesmas.

Espero que tirem fotos lindas e se postarem no Instagram me marquem para eu ver, ok? (@ivewings) Compartilhem o post para que mais garotas possam ver e arrasarem nas fotos também! Não esquece do like se tiver gostado, isso é muito importante pra mim. E é isso, meninas. Beijos!

Me encontre: Facebook | Instagram

Leia também: Looks: Como usar tênis de forma criativa